logo Sociedade Ponto Verde

LEGISLAÇÃO

  Nacional

  Embalagens & Resíduos de Embalagens

  o Licença SIGRE

Despacho n.º 14202-E/2016, de 25 de novembro - Concede à Sociedade Ponto Verde - Sociedade Gestora de Resíduos de Embalagens, S. A., a licença para a gestão de um sistema integrado de resíduos de embalagens.
Veja aqui

Despacho n.º 154-A/2017, de 3 de janeiro - Concede à Novo Verde - Sociedade Gestora de Resíduos de Embalagens, S. A., e à Sociedade Ponto Verde - Sociedade Gestora de Resíduos de Embalagens, S. A., a possibilidade de celebrar contratos, ao abrigo do n.º 3 dos despachos n.os 14202-D/2016 e 14202-E/2016, de 25 de novembro, até ao dia 31 de março de 2017.
Veja aqui

Despacho n.º 5615/2020, de 20 de maio - Altera os apêndices dos Despachos n.º 14202-D/2016 e 14202-E/2016, publicados no Diário da República, 2.ª série, n.º 227, de 25 de novembro de 2016, e do Despacho n.º 6907/2017, publicado no Diário da República, 2.ª série, n.º 153, de 9 de agosto de 2017, referentes às licenças para a gestão de um sistema integrado de resíduos de embalagens.
Veja aqui

Despacho n.º 8898/2020, de 17 de setembro - Autoriza a Sociedade Ponto Verde, a Novo Verde e a Electrão, para o ano de 2020, a procederem a uma afetação das despesas anuais com a rubrica de Sensibilização, Comunicação & Educação.
Veja aqui

Despacho n.º 9876/2021, de 12 de outubro - Cria um grupo de trabalho para avaliação do modelo de atribuição das licenças relativas a sistemas integrados de gestão de fluxos específicos de resíduos e prorrogação das licenças existentes.
Veja aqui

Despacho n.º 340/2022 - Prorroga o prazo de vigência da licença atribuída à Sociedade Ponto Verde - Sociedade Gestora de Resíduos de Embalagens, S. A, para a gestão de um Sistema Integrado de Gestão de Resíduos de Embalagens.
Veja aqui

  Região Autónoma dos Açores

Despacho n.º 68/2017, de 4 de janeiro de 2017 - É estendida à Região Autónoma dos Açores a licença concedida à Sociedade Ponto Verde - Sociedade Gestora de Resíduos de Embalagens, S.A. para a Gestão de Sistema Integrado de Resíduos de Embalagens.
Veja aqui

Despacho n.º 1361/2020, de 14 de agosto de 2020 - Autoriza a extensão à Região Autónoma dos Açores, durante o respetivo período de vigência, da licença concedida à Sociedade Ponto Verde - Sociedade Gestora de Resíduos de Embalagens, S.A., para a gestão de um sistema integrado de resíduos de embalagens. Revoga o Despacho n.º 68/2017, de 4 de janeiro.
Veja aqui

Despacho n.º 387/2022 de 14 de março de 2022 - Prorroga a autorização da extensão à Região Autónoma dos Açores da licença concedida à Sociedade Ponto Verde – Sociedade Gestora de Resíduos de Embalagens, S.A., para a gestão de um Sistema Integrado de Gestão de Resíduos de Embalagens.
Veja aqui

  Região Autónoma da Madeira

Despacho n.º 24/2017 de 12 de janeiro - Concede a extensão à Região da licença concedida pelo Despacho n.º 14202-E/2016, de 25 de novembro, do Secretário de Estado Adjunto e do Comércio e do Secretário de Estado do Ambiente, à sociedade denominada Sociedade Ponto Verde - Sociedade Gestora de Resíduos de Embalagens, S.A., para a gestão de um Sistema Integrado de Gestão de Resíduos de Embalagens, abreviadamente designado SIGRE.
Veja aqui

Despacho n.º 40/2022, de 04 de fevereiro - Prorroga o prazo de vigência da extensão da licença da entidade denominada Sociedade Ponto Verde - Sociedade Gestora de Resíduos de Embalagens, S.A., concedida pelo Despacho n.º 24/2017, da Secretária Regional do Ambiente e Recursos Naturais, de 29 de dezembro de 2016, para a gestão de um Sistema Integrado de Gestão de Resíduos de Embalagens, na Região Autónoma da Madeira.
Veja aqui

  o Especificações técnicas

Despacho n.º 15370/2008, 3 de junho - Alteração à licença concedida à Sociedade Ponto Verde em 7 de dezembro de 2004.
Veja aqui

Ofício da APA n.º 530/08/DFEMR-DLFR, de 24 de novembro – Ajustamento às especificações técnicas revistas aprovadas pelo Despacho n.º 15370/2008, de 3 de junho
Veja aqui

Despacho n.º 21894-A/2009, de 30 de setembro - Aditamento ao anexo I do apêndice I da licença concedida à Sociedade Ponto Verde, em 7 de dezembro de 2004
Veja aqui

  o Valores de Contrapartida e Objetivações SGRU

Despacho n.º 14202-C/2016, de 25 de novembro - Determina o valor de contrapartidas financeiras devido pelas entidades gestoras e que se destina a suportar os acréscimos de custos com a recolha seletiva e triagem de resíduos de embalagens, bem como a triagem dos resíduos de embalagens nas estações de tratamento mecânico e de tratamento mecânico e biológico, a valorização orgânica de resíduos de embalagens e o tratamento das escórias metálicas resultantes da incineração dos resíduos urbanos e demais frações consideradas reciclagem.
Veja aqui

Despacho n.º 4707/2018, de 14 de maio - Estabelece as capitações de retoma por material, por Sistema de Gestão de Resíduos Urbanos e a nível global, para os anos de 2018 e 2019
Veja aqui

  Região Autónoma dos Açores

Despacho n.º 369/2020, de 11 de março- Atualiza os valores de contrapartidas financeiras referentes às atividades de recolha e triagem no âmbito da gestão dos resíduos de embalagens contidos nos resíduos domésticos e equiparados, aplicáveis aos sistemas de gestão de resíduos urbanos da Região Autónoma dos Açores.
Veja aqui

Despacho n.º 433/2021 de 2 de março de 2021 - Atualiza os valores de contrapartidas financeiras referentes às atividades de recolha e triagem no âmbito da gestão dos resíduos de embalagens contidos nos resíduos domésticos e equiparados, aplicáveis aos sistemas de gestão de resíduos urbanos da Região Autónoma dos Açores.
Veja aqui Despacho n.º 244/2022, de 16 de fevereiro - Atualiza os valores de contrapartidas financeiras referentes às atividades de recolha e triagem no âmbito da gestão dos resíduos de embalagens contidos nos resíduos domésticos e equiparados, aplicáveis aos sistemas de gestão de resíduos urbanos da Região Autónoma dos Açores.
Veja aqui

  Região Autónoma da Madeira

Despacho n.º 70/2020, de 20 de fevereiro - Atualiza os valores das contrapartidas financeiras da recolha seletiva e indiferenciada a pagar pelas entidades gestoras do Sistema Integrado de gestão de Resíduos de Embalagens no ano em curso (2020).
Veja aqui

Despacho n.º 101/2021, de 15 de março - Atualiza os valores das Contrapartidas Financeiras da Recolha Seletiva e Indiferenciada a pagar pelas Entidades Gestoras do Sistema Integrado de Gestão de Resíduos de Embalagens.
Veja aqui

Despacho n.º 132/2022, de 31 de março - Atualiza os valores das Contrapartidas Financeiras da Recolha Seletiva e Indiferenciada a pagar pelas Entidades Gestoras do Sistema Integrado de Gestão de Resíduos de Embalagens para o ano de 2022.
Veja aqui

  o UNILEX

Decreto-Lei n.º 152-D/2017, de 11 de dezembro - Estabelece o regime jurídico a que fica sujeita a gestão dos seguintes fluxos específicos de resíduos.
Veja aqui

Decreto-Lei n.º 102-D/2020, de 10 de dezembro - Aprova o regime geral da gestão de resíduos, o regime jurídico da deposição de resíduos em aterro e altera o regime da gestão de fluxos específicos de resíduos, transpondo as Diretivas (UE) 2018/849, 2018/850, 2018/851 e 2018/852 (altera e republica o Decreto-Lei n.º 152-D/2017, de 11 de dezembro).
Veja aqui

Declaração de Retificação n.º 3/2021, de 21 de janeiro - Retifica o Decreto-Lei n.º 102-D/2020, de 10 de dezembro, do Ambiente e Ação Climática, que aprova o regime geral da gestão de resíduos, o regime jurídico da deposição de resíduos em aterro e altera o regime da gestão de fluxos específicos de resíduos, transpondo as Diretivas (UE) 2018/849, 2018/850, 2018/851 e 2018/852.
Veja aqui

Manual de Apoio ao cumprimento do Unilex (Documento APA) - Decreto-Lei n.º 152-D/2017, de 11 de dezembro, alterado e republicado pelo Decreto-Lei n.º 102-D/2020, de 10 de dezembro, na sua atual redação.
Veja aqui

Lei n.º 52/2021, de 10 de agosto - Alteração, por apreciação parlamentar, ao Decreto-Lei n.º 102-D/2020, de 10 de dezembro, que aprova o regime geral da gestão de resíduos, o regime jurídico da deposição de resíduos em aterro e altera o regime da gestão de fluxos específicos de resíduos,transpondo as Diretivas (UE) 2018/849, 2018/850, 2018/851 e 2018/852.
Veja aqui

Nota informativa acerca da Responsabilidade Alargada do Produtor (Documento APA) - Informação relativa ao n.º 2 do artigo 22.º do Decreto-Lei n.º 152-D/2017 de 11 dezembro, na sua atual redação (UNILEX) e ao n.º 6 do artigo 14.º do Decreto-Lei n.º 102-D/2020, de 10 de dezembro, na atual redação.
Veja aqui

  o Plásticos de uso único, Sacos de plástico e louça descartável

  Plásticos de Uso Único (SUP)

Decreto-Lei n.º 78/2021, de 24 de setembro - Transpõe a Diretiva (UE) 2019/904, relativa à redução do impacto de determinados produtos de plástico no ambiente, e que altera as regras relativas aos produtos de plástico nos pontos de venda de pão, frutas e legumes.
Veja aqui

Decreto Legislativo Regional n.º 5/2022/A, de 4 de março - Estabelece medidas para a redução do consumo de produtos de utilização única e a promoção da reutilização e reciclagem.
Veja aqui

  Louça descartável

Perguntas Frequentes sobre a Lei n.º 76/2019
Veja aqui

Lei n.º 76/2019, de 2 de setembro - Determina a não utilização e não disponibilização de louça de plástico de utilização única nas atividades do setor de restauração e/ou bebidas e no comércio a retalho.
Veja aqui

Decreto-Lei n.º 62-A/2020, de 03 de setembro - Altera as medidas excecionais e temporárias relativas à pandemia da doença COVID-19 (é prorrogada, até 31 de março de 2021, a obrigação de os prestadores de serviços de restauração e de bebidas se adaptarem às disposições da Lei n.º 76/2019, de 2 de setembro, prevista no n.º 1 do artigo 10.º daquela lei).
Veja aqui

Decreto Legislativo Regional n.º 16/2021/A, de 14 de junho - altera os períodos transitórios previstos na Lei n.º 76/2019 e determina a aprovação de medidas para a redução do consumo de produtos de utilização única e a promoção da reutilização e reciclagem.
Veja aqui

Decreto-Lei n.º 22-A/2021 de 17 de março - Prorroga prazos e estabelece medidas excecionais e temporárias no âmbito da pandemia da doença COVID-19.
Veja aqui

Decreto Legislativo Regional n.º 5/2022/A, de 4 de março - Estabelece medidas para a redução do consumo de produtos de utilização única e a promoção da reutilização e reciclagem.
Veja aqui

  Sacos de plástico e Sacos de plástico leves

Lei n.º 82-D/2014, de 31 de dezembro - Procede à alteração das normas fiscais ambientais nos setores da energia e emissões, transportes, água, resíduos, ordenamento do território, florestas e biodiversidade, introduzindo ainda um regime de tributação dos sacos de plástico e um regime de incentivo ao abate de veículos em fim de vida, no quadro de uma reforma da fiscalidade ambiental.
Veja aqui

Portaria n.º 286-B/2014, de 31 de dezembro - Regulamenta a contribuição sobre os sacos de plástico leves.
Veja aqui

Despacho n.º 850-A/2015, de 27 de janeiro - Estabelece o mecanismo voluntário de declaração de sacos de plástico leves relativamente aos quais não tenha sido liquidada e paga a contribuição criada pela Lei n.º 82-D/2014, de 31 de dezembro, e regulamentada pela Portaria n.º 286-B/2014, de 31 de dezembro, pelos operadores económicos que não sejam sujeitos passivos da contribuição sobre os sacos de plástico leves.
Veja aqui

Decisão de Execução (UE) 2018/896 da Comissão, de 19 de junho de 2018 - estabelece a metodologia de cálculo do consumo anual de sacos de plástico leves e que altera a Decisão 2005/270/CE.
Veja aqui

Lei n.º 77/2019, de 2 de setembro - Disponibilização de alternativas à utilização de sacos de plástico ultraleves e de cuvetes em plástico nos pontos de venda de pão, frutas e legumes.
Veja aqui

Decreto-Lei n.º 62-A/2020, de 03 de setembro - Altera as medidas excecionais e temporárias relativas à pandemia da doença COVID-19 (é prevista, até 31 de dezembro de 2020, a primeira fase de transposição da Diretiva (UE) 2019/904, do Parlamento Europeu e do Conselho, de 5 de junho de 2019, clarificando as Leis n.ºs 76/2019 e 77/2019, ambas de 2 de setembro).
Veja aqui

Decreto Legislativo Regional n.º 5/2022/A, de 4 de março - Estabelece medidas para a redução do consumo de produtos de utilização única e a promoção da reutilização e reciclagem.
Veja aqui

  Sistema de Incentivo à Devolução e Depósito

Lei n.º 69/2018, de 26 de dezembro - Sistema de incentivo à devolução e depósito de embalagens de bebidas em plástico, vidro, metais ferrosos e alumínio (Primeira alteração ao Decreto-Lei n.º 152-D/2017, de 11 de dezembro, relativo ao Regime Unificado dos Fluxos Específicos de Resíduos).
Veja aqui

Portaria n.º 202/2019, de 03 de julho - Define os termos e os critérios aplicáveis ao projeto-piloto a adotar no âmbito do sistema de incentivo ao consumidor para devolução de embalagens de bebidas em plástico não reutilizáveis.
Veja aqui

Despacho n.º 6534/2019, de 4 de julho - Fixa o valor do prémio a atribuir ao consumidor final pelo ato de devolução de embalagens de bebidas em plástico não reutilizáveis.
Veja aqui

Portaria n.º 10/2022, de 4 de janeiro - Altera a Portaria n.º 202/2019, de 3 de julho, que define os termos e os critérios aplicáveis ao projeto-piloto a adotar no âmbito do sistema de incentivo ao consumidor para devolução de embalagens de bebidas em plástico não reutilizáveis.
Veja aqui

Decreto Legislativo Regional n.º 5/2022/A, de 4 de março - Estabelece medidas para a redução do consumo de produtos de utilização única e a promoção da reutilização e reciclagem.
Veja aqui

Portaria n.º 31/2022, de 17 de maio - Define os termos e os critérios aplicáveis ao sistema piloto de depósito de embalagens não reutilizáveis de bebidas em plástico, vidro e metal, contemplando um mecanismo de incentivo ao consumidor pela devolução da embalagem.
Veja aqui

Portaria n.º 88/2022 de 6 de setembro - Primeira alteração à Portaria n.º 31/2022, de 17 de maio acerca do prémio máximo mensal.
Veja aqui

Portaria n.º 166/2022, de 29 de junho - Prorroga o período de funcionamento do sistema de incentivo ao consumidor para devolução de embalagens de bebidas em plástico não reutilizáveis, até 31 de dezembro de 2022.
Veja aqui

  Gestão de Resíduos (Geral)

  o Regime Geral de Gestão de Resíduos

Decreto-Lei n.º 178/2016, de 05 de setembro - Aprova o regime geral da gestão de resíduos, transpondo para a ordem jurídica interna a Diretiva n.º 2006/12/CE, do Parlamento Europeu e do Conselho, de 5 de abril, e a Diretiva n.º 91/689/CEE, do Conselho, de 12 de dezembro.
Veja aqui

Decreto-Lei n.º 73/2011, de 17 de junho - Procede à terceira alteração ao Decreto-Lei n.º 178/2006, de 5 de setembro, transpõe a Diretiva n.º 2008/98/CE, do Parlamento Europeu e do Conselho, de 19 de novembro, relativa aos resíduos, e procede à alteração de diversos regimes jurídicos na área dos resíduos.
Veja aqui

Decreto-Lei n.º 102-D/2020, de 10 de dezembro - Aprova o regime geral da gestão de resíduos, o regime jurídico da deposição de resíduos em aterro e altera o regime da gestão de fluxos específicos de resíduos, transpondo as Diretivas (UE) 2018/849, 2018/850, 2018/851 e 2018/852 (revoga os anteriores a partir de 01/07/2021).
Veja aqui

Declaração de Retificação n.º 3/2021, de 21 de janeiro - Retifica o Decreto-Lei n.º 102-D/2020, de 10 de dezembro, do Ambiente e Ação Climática, que aprova o regime geral da gestão de resíduos, o regime jurídico da deposição de resíduos em aterro e altera o regime da gestão de fluxos específicos de resíduos, transpondo as Diretivas (UE) 2018/849, 2018/850, 2018/851 e 2018/852.
Veja aqui

Lei n.º 52/2021, de 10 de agosto - Alteração, por apreciação parlamentar, ao Decreto-Lei n.º 102-D/2020, de 10 de dezembro, que aprova o regime geral da gestão de resíduos, o regime jurídico da deposição de resíduos em aterro e altera o regime da gestão de fluxos específicos de resíduos,transpondo as Diretivas (UE) 2018/849, 2018/850, 2018/851 e 2018/852.
Veja aqui

Portaria n.º 20/2022, de 5 de janeiro - Aprova o Regulamento de Funcionamento do Sistema Integrado de Registo Eletrónico de Resíduos (SIRER) e revoga a Portaria n.º 289/2015, de 17 de setembro.
Veja aqui

Decreto-Lei n.º 119-A/2021 de 22 de dezembro - A autorização prevista no n.º 2 do artigo 11.º do Regime Geral da Gestão de Resíduos, aprovado em anexo ao Decreto -Lei n.º 102 -D/2020, de 10 de dezembro, na sua redação atual, apenas é exigível a partir de 1 de janeiro de 2023.
Veja aqui

  o Deposição de resíduos em Aterro

Decreto-Lei n.º 183/2009, de 10 de agosto - Estabelece o regime jurídico da deposição de resíduos em aterro, as características técnicas e os requisitos a observar na conceção, licenciamento, construção, exploração, encerramento e pós-encerramento de aterros, transpondo para a ordem jurídica interna a Diretiva n.º 1999/31/CE, do Conselho, de 26 de Abril, relativa à deposição de resíduos em aterros, alterada pelo Regulamento (CE) n.º 1882/2003, do Parlamento Europeu e do Conselho, de 29 de Setembro, aplica a Decisão n.º 2003/33/CE, de 19 de Dezembro de 2002, e revoga o Decreto-Lei n.º 152/2002, de 23 de Maio.
Veja aqui

Decreto-Lei n.º 102-D/2020, de 10 de dezembro - Aprova o regime geral da gestão de resíduos, o regime jurídico da deposição de resíduos em aterro e altera o regime da gestão de fluxos específicos de resíduos, transpondo as Diretivas (UE) 2018/849, 2018/850, 2018/851 e 2018/852 (revoga o anterior a partir de 01/07/2021).
Veja aqui

Declaração de Retificação n.º 3/2021, de 21 de janeiro - Retifica o Decreto-Lei n.º 102-D/2020, de 10 de dezembro, do Ambiente e Ação Climática, que aprova o regime geral da gestão de resíduos, o regime jurídico da deposição de resíduos em aterro e altera o regime da gestão de fluxos específicos de resíduos, transpondo as Diretivas (UE) 2018/849, 2018/850, 2018/851 e 2018/852.
Veja aqui

Lei n.º 52/2021, de 10 de agosto - Alteração, por apreciação parlamentar, ao Decreto-Lei n.º 102-D/2020, de 10 de dezembro, que aprova o regime geral da gestão de resíduos, o regime jurídico da deposição de resíduos em aterro e altera o regime da gestão de fluxos específicos de resíduos,transpondo as Diretivas (UE) 2018/849, 2018/850, 2018/851 e 2018/852.
Veja aqui

  o Diplomas COVID

Decreto-Lei n.º 10-A/2020, de 13 de março - Estabelece medidas excecionais e temporárias relativas à situação epidemiológica do novo Coronavírus - COVID 19.
Veja aqui

Declaração de Retificação n.º 11-B/2020, de 16 de março - Retifica Decreto-Lei n.º 10-A/2020, de 13 de março, da Presidência do Conselho de Ministros, que estabelece medidas excecionais e temporárias relativas à situação epidemiológica do novo Coronavírus - COVID-19, publicado no Diário da República, 1.ª série, 1.º suplemento, n.º 52, de 13 de março de 2020.
Veja aqui

Resolução do Conselho de Ministros n.º 10-A/2020, de 13 de março - Aprova um conjunto de medidas relativas à situação epidemiológica do novo Coronavírus — COVID 19.
Veja aqui

Despacho n.º 4024-B/2020, de 1 de abril - Determina que, até ao termo do período do estado de emergência, a taxa de gestão de resíduos, nos sistemas de gestão de resíduos urbanos, incide sobre a quantidade de resíduos destinados a operações de eliminação e valorização no período homólogo de 2019.
Veja aqui

Decreto-Lei n.º 119-A/2021 de 22 de dezembro - Altera as medidas no âmbito da pandemia da doença COVID-19.
Veja aqui

  o Transporte de resíduos

  e-GAR

Portaria n.º 145/2017, de 26 de abril - Define as regras aplicáveis ao transporte rodoviário, ferroviário, fluvial, marítimo e aéreo de resíduos em território nacional e cria as guias eletrónicas de acompanhamento de resíduos (e-GAR), a emitir no Sistema Integrado de Registo Eletrónico de Resíduos (SIRER).
Veja aqui

Portaria n.º 20/2022, de 5 de janeiro - Aprova o Regulamento de Funcionamento do Sistema Integrado de Registo Eletrónico de Resíduos (SIRER) e revoga a Portaria n.º 289/2015, de 17 de setembro.
Veja aqui

  Região Autónoma dos Açores

Portaria n.º 1879/2017, de 19 de dezembro de 2017 - Regras aplicáveis ao transporte rodoviário, marítimo e aéreo de resíduos em território da Região Autónoma dos Açores.
Veja aqui

  Movimento Transfronteiriço de Resíduos (MTR)

Decreto-Lei n.º 45/2008, de 11 de março - Assegura a execução e garante o cumprimento, na ordem jurídica interna, das obrigações decorrentes para o Estado Português do Regulamento (CE) n.º 1013/2006, do Parlamento Europeu e do Conselho, de 14 de junho, relativo à transferência de resíduos, e revoga o Decreto-Lei n.º 296/95, de 17 de novembro.
Veja aqui

Documento da APA - Declaração de conformidade com os teores máximos permitidos para o envio de resíduos de plástico sujeito aos requisitos gerais de informação (Lista Verde) – modelo geral.
Veja aqui

Documento da APA - Declaração de conformidade com os teores máximos permitidos para o envio de resíduos de plástico sujeito aos requisitos gerais de informação (Lista Verde) – versão direcionada para os resíduos de embalagens de plástico encaminhadas no âmbito do SIGRE.
Veja aqui

  o Combate ao desperdício Alimentar

Lei n.º 62/2021, de 19 de agosto - Regime jurídico aplicável à doação de géneros alimentícios para fins de solidariedade social e medidas tendentes ao combate ao desperdício alimentar.
Veja aqui

  Economia Circular e Neutralidade Carbónica

Resolução do Conselho de Ministros n.º 190-A/2017, de 11 de dezembro - Aprova o Plano de Ação para a Economia Circular em Portugal.
Veja aqui

Resolução do Conselho de Ministros n.º 38/2016, de 29 de julho - Aprova a Estratégia Nacional para as Compras Públicas Ecológicas 2020.
Veja aqui

Resolução do Conselho de Ministros n.º 100/2017, de 11 de julho - Aprova a Estratégia Nacional de Educação Ambiental.
Veja aqui

Resolução do Conselho de Ministros n.º 46/2018, de 27 de abril - Aprova a Estratégia Nacional e o respetivo Plano de Ação de Combate ao Desperdício Alimentar.
Veja aqui

Lei n.º 88/2019, de 3 de setembro - Redução do impacto das pontas de cigarros, charutos ou outros cigarros no meio ambiente.
Veja aqui

  Planos Estratégicos

  o Plano Nacional para o Mar 2021-2030

Resolução do Conselho de Ministros n.º 68/2021, de 4 de junho- Aprova a Estratégia Nacional para o Mar 2021-2030.
Veja aqui

  o Plano Nacional de Gestão de Resíduos (PNGR)

Resolução do Conselho de Ministros n.º 11-C/2015, de 16 de março de 2015 - Aprova o Plano Nacional de Gestão de Resíduos para o horizonte 2014-2020.
Veja aqui

  o Plano Estratégico para os Resíduos Urbanos 2014-2020 (PERSU 2020)

Portaria n.º 187-A/2014, de 17 de setembro - Aprova o Plano Estratégico para os Resíduos Urbanos (PERSU 2020), para Portugal Continental.
Veja aqui

  o Plano Estratégico para os Resíduos Não Urbanos

  Financiamento e Fiscalidade Verde

  o Fiscalidade verde

Lei n.º 82-D/2014, de 31 de dezembro - Procede à alteração das normas fiscais ambientais nos sectores da energia e emissões, transportes, água, resíduos, ordenamento do território, florestas e biodiversidade, introduzindo ainda um regime de tributação dos sacos de plástico e um regime de incentivo ao abate de veículos em fim de vida, no quadro de uma reforma da fiscalidade ambiental.
Veja aqui

Lei nº75-B/2020, de 31 de Dezembro - Orçamento do Estado para 2021.
Veja aqui

Portaria n.º 331-E/2021, de 31 de dezembro - Procede à regulamentação da contribuição sobre as embalagens de utilização única de plástico ou alumínio, ou multimaterial com plástico ou com alumínio, a serem adquiridas em refeições prontas a consumir.
Veja aqui

Ofício Circulado n.º 35.170 da Autoridade Tributária - Procedimentos de aplicação – contribuição sobre as embalagens de utilização única de plástico ou multimaterial com plástico, a serem adquiridas em refeições prontas a consumir.
Veja aqui

  o Taxa de Gestão de Resíduos (TGR)

Portaria n.º 278/2015, de 11 de setembro - Regula o montante da taxa de gestão de resíduos (TGR) a afetar aos municípios e estabelece as regras para a sua liquidação, pagamento e repercussão.
Veja aqui

Despacho n.º 4024-B/2020, de 1 de abril - Determina que, até ao termo do período do estado de emergência, a taxa de gestão de resíduos, nos sistemas de gestão de resíduos urbanos, incide sobre a quantidade de resíduos destinados a operações de eliminação e valorização no período homólogo de 2019.
Veja aqui

Despacho n.º 2263/2021, de 01 de março - Fixa a metodologia de cálculo da taxa de gestão de resíduos para o período do estado de emergência de 2020.
Veja aqui

  Europeia

  Diretiva Quadro Residuos

Diretiva 2008/98/CE do Parlamento Europeu e do Conselho, de 19 de novembro de 2008 - relativa aos resíduos e que revoga certas diretivas.
Veja aqui

Diretiva (UE) 2018/851 do Parlamento Europeu e do Conselho, de 30 de maio de 2018 - altera a Diretiva 2008/98/CE relativa aos resíduos.
Veja aqui

Decisão de Execução (UE) 2021/19 da Comissão, de 18 de dezembro de 2020 - estabelece uma metodologia comum e um modelo de relatório sobre a reutilização em conformidade com a Diretiva 2008/98/CE do Parlamento Europeu e do Conselho.
Veja aqui

  Diretiva Aterros

Diretiva 1999/31/CE do Conselho, de 26 de abril de 1999 - relativa à deposição de resíduos em aterros.
Veja aqui

Diretiva (UE) 2018/850 do Parlamento Europeu e do Conselho, de 30 de maio de 2018 - altera a Diretiva 1999/31/CE relativa à deposição de resíduos em aterros.
Veja aqui

  Diretiva Embalagens

Diretiva 94/62/CE do Parlamento Europeu e do Conselho, de 20 de dezembro de 1994 - relativa a embalagens e resíduos de embalagens.
Veja aqui

Diretiva (UE) 2018/852 do Parlamento Europeu e do Conselho, de 30 de maio de 2018 - altera a Diretiva 94/62/CE relativa a embalagens e resíduos de embalagens.
Veja aqui

  Diretiva sacos plástico

Diretiva (UE) 2015/720 do Parlamento Europeu e do Conselho, de 29 de abril de 2015 - altera a Diretiva 94/62/CE no que diz respeito à redução do consumo de sacos de plástico leves.
Veja aqui

  Diretiva SUP

Diretiva (UE) 2019/904 do Parlamento Europeu e do Conselho, de 5 de junho de 2019 - relativa à redução do impacte de certos produtos de plástico no ambiente, vem estabelecer medidas com o objetivo de prevenir e reduzir o impacto de determinados produtos de plástico no ambiente, mais particularmente no meio aquático, e na saúde humana, bem como promover a transição para uma economia circular com modelos de negócio, produtos e materiais inovadores e sustentáveis.
Veja aqui

Regulamento de Execução (UE) 2020/2151 da Comissão, de 17 de dezembro de 2020 - estabelece regras sobre as especificações de marcação harmonizadas dos produtos de plástico de utilização única enumerados na parte D do anexo da Diretiva (UE) 2019/904 do Parlamento Europeu e do Conselho relativa à redução do impacto de determinados produtos de plástico no ambiente.
Veja aqui

COMUNICAÇÃO DA COMISSÃO, de 7 de junho de 2021 - orientações da Comissão sobre os produtos de plástico de utilização única, em conformidade com a Diretiva (UE) 2019/904 do Parlamento Europeu e do Conselho relativa à redução do impacto de determinados produtos de plástico no ambiente.
Veja aqui

Decisão de Execução (UE) 2021/1752 da Comissão, de 1 de outubro de 2021 - estabelece regras de execução da Diretiva (UE) 2019/904 do Parlamento Europeu e do Conselho no respeitante ao cálculo, à verificação e à comunicação de dados relativos à recolha seletiva de resíduos de garrafas de plástico de utilização única para bebidas.
Veja aqui

  Diplomas sobre contacto alimentar

Regulamento (CE) n.º 1935/2004 do Parlamento Europeu e do Conselho, de 27 de outubro de 2004 - relativo aos materiais e objetos destinados a entrar em contacto com os alimentos e que revoga as Diretivas 80/590/CEE e 89/109/CEE.
Veja aqui

Regulamento (UE) n. ° 10/2011 da Comissão, de 14 de janeiro de 2011 - relativo aos materiais e objetos de matéria plástica destinados a entrar em contacto com os alimentos.
Veja aqui

Regulamento (UE) 2020/1245 da Comissão, de 2 de setembro de 2020 - altera e retifica o Regulamento (UE) n.º 10/2011 relativo aos materiais e objetos de matéria plástica destinados a entrar em contacto com os alimentos.
Veja aqui

Regulamento (CE) n.º 282/2008 da Comissão, de 27 de março de 2008 - relativo aos materiais e objetos de plástico reciclado destinados a entrar em contacto com os alimentos e que altera o Regulamento (CE) n.º 2023/2006.

(revogado pelo Regulamento (UE) 2022/1616 da Comissão, de 15 de setembro de 2022).

Veja aqui

Regulamento (UE) 2022/1616 da Comissão, de 15 de setembro de 2022 - relativo aos materiais e objetos de plástico reciclado destinados a entrar em contacto com os alimentos e que revoga o Regulamento (CE) n.º 282/2008.
Veja aqui

  Decisões

  o Cálculo de metas

Decisão de execução (UE) 2019/665 da Comissão, de 17 de abril de 2019 - altera a Decisão 2005/270/CE que estabelece os formulários relativos ao sistema de bases de dados nos termos da Diretiva 94/62/CE do Parlamento Europeu e do Conselho relativa a embalagens e resíduos de embalagens.
Veja aqui

Decisão de execução (UE) 2019/1004 da Comissão, de 7 de junho de 2019 - estabelece regras para o cálculo, a verificação e a comunicação de dados sobre resíduos em conformidade com a Diretiva 2008/98/CE do Parlamento Europeu e do Conselho e que revoga a Decisão de Execução C(2012) 2384 da Comissão.
Veja aqui

  o Taxa sobre Plásticos - Recursos Próprios da UE

Decisão (UE, Euratom) 2020/2053 do Conselho, de 14 de dezembro de 2020 - relativa ao sistema de recursos próprios da União Europeia e que revoga a Decisão 2014/335/UE, Euratom.
Veja aqui

Decreto do Presidente da República n.º 10-A/2021, de 2 de fevereiro - Ratifica a Decisão (UE, Euratom) 2020/2053 do Conselho, de 14 de dezembro de 2020, relativa ao sistema de recursos próprios da União Europeia e que revoga a Decisão 2014/335/UE, Euratom.
Veja aqui

Resolução da Assembleia da República n.º 37-A/2021, de 2 de fevereiro - Aprova a Decisão (UE, Euratom) 2020/2053 do Conselho, de 14 de dezembro de 2020, relativa ao sistema de recursos próprios da União Europeia e que revoga a Decisão 2014/335/UE, Euratom.
Veja aqui

REGULAMENTO (UE, Euratom) 2021/770 DO CONSELHO de 30 de abril de 2021 - relativo ao cálculo do recurso próprio baseado nos resíduos de embalagens de plástico não reciclados, aos métodos e ao procedimento para a disponibilização desse recurso próprio, bem como às medidas destinadas a satisfazer as necessidades de tesouraria, e a determinados aspetos do recurso próprio baseado no rendimento nacional bruto.
Veja aqui

  Outros

  Regulamento MTR

Regulamento (CE) n.º 1013/2006 do Parlamento Europeu e do Conselho,de 14 de junho de 2006 - relativo a transferências de resíduos.
Veja aqui

Regulamento Delegado (UE) 2020/2174 da Comissão, de 19 de outubro de 2020 - altera os anexos I-C, III, III-A, IV, V, VII e VIII do Regulamento (CE) n.º 1013/2006 do Parlamento Europeu e do Conselho relativo a transferências de resíduos.
Veja aqui




-->